Não Se Turbe o Coração

"Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim." João 14:1
"Não se turbe o vosso coração..." (João 14:1)

Há muitos motivos para os nossos corações estarem turbados. Entre eles: medo, insegurança, violência, desemprego, sofrimento e separação dos entes queridos. Pensemos neste último em relação à nossa vida de oração.

Para o cristão, a separação de um ente querido provoca lágrimas, por causa das saudades que vamos sentir da sua presença.

Conheça o Manual Questões Polêmicas da Bíblia de modo a entender a bíblia do Gênesis a Apocalipse

As pessoas que vivem longe de sua família e as que precisam estar separadas por motivo de trabalho, estudo ou saúde, sabem avaliar as bênçãos da oração.

A oração corta a distância, pois na oração não há quilômetros entre nós e Deus, nem existe o mar e a terra que separam os homens fisicamente. Na oração, nós e os nossos queridos estamos no mesmo plano, no mesmo lugar espiritual, gozando a companhia divina.

Quão tristes devem ser os incrédulos que não praticam a oração! Ausentes de sua família, a única coisa que sentem é a saudade. Não podem receber de Deus a paz do coração que o cristão goza ao entregar a sua família nas mãos de Deus.

Como a oração une espiritualmente a alma daqueles que se acham separados, assim também esse poder faz dos cristãos de todo o mundo uma só família. Nas horas de intercessão, os países onde atuam os nossos missionários ficam tão próximos como qualquer cidade vizinha.



Quando estamos orando por um de nossos queridos missionários, quase que sentimos a sua presença conosco; e esta sensação alegra-nos o coração e nos une ainda mais ao Senhor.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *